Por que educar o consumidor é um dos maiores desafios das fintechs

Educação financeira

O CEO da BankFacil, Sergio Furió, disse recentemente que “educar o consumidor” é um dos maiores desafios da empresa, ao lado de “automatizar processos complexos” e “lutar contra a burocracia e a formalização”.

A BankFacil está desbravando um segmento ainda pouco usado no Brasil, o de empréstimos com garantia, que tende a ser mais barato do que outros tipos de crédito e é pouco usado por brasileiros.

Desde a sua fundação, a BankFacil concedeu mais de R$ 100 milhões em empréstimos e recebeu cerca de R$ 30 milhões em aportes de capital, dos fundos Kaszek Ventures, Q&D Investors, RedPoint e.ventures e Quona Capital.

Veja abaixo o que Sergio Furió disse à SGC Conteúdo sobre a necessidade de educação financeira.

 

Sergio Furió, CEO do BankFacilSGCConteúdo: O senhor afirmou recentemente que ‘educar o consumidor é um dos maiores desafios’ da BankFacil. Por quê?

Sérgio Furió: A falta de conhecimento tem sustentado um cenário em que pessoas que são excelentes pagadoras, continuam pagando juros médios de 200% ao ano em modalidades como cartão de crédito, cheque especial e empréstimo pessoal simplesmente porque não tiveram informação de que há alternativas mais justas disponíveis para elas.

O brasileiro ainda paga juros caros observando apenas se a parcela daquela modalidade de crédito cabe no bolso.

Lá fora, tomar um empréstimo com garantia é a primeira opção das famílias, porque é um crédito mais barato. Aqui no Brasil, a falta de educação financeira faz com que essa seja a última alternativa, com o desconhecimento ainda das pessoas receosas de perder os bens, numa operação de inadimplência e riscos muito baixos.

SGC Conteúdo: O que a BankFacil tem feito para educar o consumidor?

Sérgio Furió: A BankFacil nasceu com DNA educador. Há quatro anos, quando começamos, antes ainda de ter nosso modelo de negócio definido, iniciamos como um portal de conteúdos, orientando as pessoas a escolher o melhor produto financeiro para cada necessidade.

Educação sempre foi um pilar para ajudar as pessoas a fazerem escolhas melhores e entenderem o que estão escolhendo.

Apesar de a nossa oferta ser digital, hoje temos um time de 50 consultores financeiros que atendem os clientes tanto no canal digital, quanto por telefone, explicando cada detalhe do que oferecemos, tirando dúvidas e eventualmente até encaminhando para concorrentes que tenham uma oferta complementar à nossa mais adequada às necessidades daquele consumidor.

 

MARKETING DE CONTEÚDO NAS FINTECHS

Nas fintechs, a educação financeira muitas vezes faz parte da estratégia de marketing de conteúdo.

A SGC Conteúdo fez um levantamento com 104 fintechs, brasileiras ou com atuação no Brasil, e constatou que 62 delas têm um blog. Juntas, elas publicaram 369 blog posts relacionados a educação financeira somente em novembro de 2016.

Você pode saber mais no artigo que publicamos no portal Startse ou entrando em contato pelo e-mail: contato@sgcconteudo.com.br

Fale com a sgc conteúdo:


+55 11 2337.9871

contato@sgcconteúdo.com.br

Agência de Conteúdo Digital e Inbound Marketing

SGC Conteúdo | São Paulo – SP