Por que 8 de 10 estratégias de landing page dão certo [pesquisa]

Marketing de conteúdo - leads

Oito em cada dez profissionais que têm estratégias para landing pages acreditam ter obtido algum sucesso ou muito sucesso no uso desse instrumento, segundo uma pesquisa internacional realizada pela consultoria americana Ascend2.

A empresa ouviu 342 altos executivos nos Estados Unidos e em outros países. A amostra representa um universo de 50 mil profissionais.

LANDING PAGE

A landing page (“página de pouso”, em tradução literal) é um dos mais importantes recursos em uma estratégia de marketing de conteúdo. Originalmente, esse nome designava a página por meio da qual as pessoas entram em um determinado site. Por exemplo, se alguém faz uma busca no Google e cai na página “Podemos ajudar?” da SGC Conteúdo, então aquela página seria a landing page deste site para aquele visitante, ou seja, seria a página por meio da qual o sujeito pousou no terreno da companhia.

Isso no sentido original do termo em inglês. Porém, com o tempo as empresas começaram a criar páginas com o objetivo específico de serem pistas de pouso para as pessoas que clicam nos seus anúncios.

Essas páginas estimulam o internauta a deixar alguma informação sobre ele (e-mail, empresa, cargo etc). Com isso, a empresa consegue converter o visitante em lead, isto é, em um contato que pode eventualmente se tornar um cliente. Por esse motivo, hoje chamamos de landing page qualquer página que tenha o objetivo de conversão. No Brasil, muita gente traduz “landing page” para “página de conversão”.

Infográfico landing page

GRAU DE SUCESSO

Do total de entrevistados na pesquisa, 54% disseram ter obtido “algum sucesso” com landing pages, enquanto 27% responderam ter “muito sucesso”. Outros 15% afirmaram que foram “um pouco mal sucedidos” e apenas 4% foram “muito mal sucedidos” no uso desse instrumento.

Taxa de sucesso de landing pages

MELHORES MÉTODOS

Perguntados sobre quais os objetivos mais importantes de uma estratégia de otimização de landing pages, 93% afirmaram ser aumentar as taxas de conversão. Melhorar a qualidade do lead ficou em segundo lugar, com 58%. Melhorar a segmentação foi uma opção marcada por 30%.

O teste A/B foi apontado por 52% dos entrevistados como um dos mais efetivos para otimizar uma landing page. Ao mesmo tempo, foi considerado um dos mais fáceis de aplicar.

Teste A/B em landing pages

EXEMPLO REAL

Os testes A/B, citados como os mais efetivos pela maioria dos entrevistados, consistem em criar duas páginas quase idênticas, com apenas uma diferença, para fazer uma comparação e saber qual a influência daquele elemento nos resultados desejados.

No exemplo abaixo foi feita uma landing page que pedia para as pessoas informarem o número de telefone delas, se quisessem ter acesso a um material oferecido. Para o teste A/B, foi criada uma segunda landing page que não pedia o número de telefone.

exemplo teste ab

O resultado foi esse apresentado na figura: na landing page com exigência de telefone, 20% dos visitantes fizeram o download do material. Já na página sem telefone, essa taxa de conversão mais do que dobrou, atingindo 54%.

Esse exemplo está no capítulo 1 do e-book “Como Mensurar e Otimizar Canais de Marketing Digital“, elaborado pela Resultados Digitais e oferecido pela SGC Conteúdo. O livro explica o que medir em blogs, redes sociais, landing pages, e-mail marketing e compra de mídia, de modo a gerar mais resultados para a empresa.

E-book: Como Mensurar e Otimizar Canais de Marketing Digital

Fale com a sgc conteúdo:


+55 11 2337.9871

contato@sgcconteúdo.com.br

Agência de Conteúdo Digital e Inbound Marketing

SGC Conteúdo | São Paulo – SP