Investimentos em anúncios mobile devem dobrar no Brasil [pesquisa]

Mídias digitais e marketing de conteúdo

A compra de mídia para anúncios em dispositivos móveis deve crescer 120% neste ano no Brasil, atingindo US$ 550 milhões (cerca de R$ 1,7 bilhão, pela cotação atual), de acordo com uma pesquisa da consultoria americana eMarketer.

Entre os 22 países analisados, apenas dois apresentaram uma projeção de crescimento mais acentuado, em termos percentuais – a Argentina e a Indonésia.

O segmento mobile é, de longe, o que mais crescerá no país, em termos percentuais. Os investimentos em compra de mídia digital (incluindo dispositivos móveis e desktops) devem subir 15%, para US$ 3,04 bilhões. As compras de mídias totais (online mais offline) tendem a se expandir em 10%, para US$ 20,64 bilhões, conforme indica a primeira tabela, extraída do site da eMarketer.

Projeção dos investimentos em compra de mídia no Brasil - 2015

Considerando o segmento digital, os mecanismos de busca são o segmento com maior expansão em compras de mídia, com alta de 15,9%, seguido por displays (como banners, vídeos e mídias sociais), com elevação de 14,5%. Os investimentos em classificados online devem aumentar em 11,8%, conforme a tabela abaixo.

Investimentos em compras de mídias digitais

No mundo, os gastos totais em compras de mídia devem superar US$ 578 bilhões. Trata-se de um número menor do que a própria eMarketer divulgada em dezembro – sinal de que as empresas revisaram para baixo suas expectativas.

Estados Unidos, China, Japão, Alemanha e Reino Unido continuam nas cinco primeiras posições, conforme aponta o gráfico interativo no site da consultoria. Entre os 22 países pesquisados, o Brasil tem o sexto maior mercado de compra de mídias totais, o nono em digitais e o 12º em mobile.

Investimentos em compra de mídia no mundo

OPINIÃO

De modo geral, os dados indicam que as compras de mídia no país, tanto no marketing digital quanto no offline, vão bem em comparação com o restante da economia, uma vez que o PIB (produto interno bruto) tende a encolher 0,78% neste ano, de acordo com o mais recente boletim Focus, do Banco Central.

Também vão relativamente bem em relação ao resto do mundo, já que, com um aumento de 10%, a participação do Brasil no mercado internacional de compras de mídia totais aumentará de 3,6% para 4,1%, ainda de acordo com o eMarketer.

Os números só não são favoráveis quando comparamos com o ritmo de crescimento verificado em 2014, conforme indica a primeira tabela.

E-book: Como Mensurar e Otimizar Canais de Marketing Digital

Fale com a sgc conteúdo:


+55 11 2337.9871

contato@sgcconteúdo.com.br

Agência de Conteúdo Digital e Inbound Marketing

SGC Conteúdo | São Paulo – SP